Mega-sena

Zéu Britto

Compositor: Não Disponível

Me descobri num caminhão
Indo em busca de uma louca
Com o nome de Cristina

Pra dividir o meu colchão
Pra amar, pra casar
Ou pra fazê-la cafetina

Me percebi no plano astral
E hoje eu sou mosca varejeira
Na sucção ousada, surreal,
Futucando uma lixeira que é você, meu bem

Pode me chamar de gostoso,
Louco ardente, mulherengo...
Você tentou me trair
Com a torcida do Flamengo!

Pode se arrastar gritando
Porque eu não vou dividir
Minha Mega-sena com você, interesseira!

Quando pobre eu era só
Ninguém tinha compaixão
Só a lama me queria

Hoje Cristina voltou pra mim
E atrás dela a multidão,
A humanidade, é uma agonia!

Me reciclei, me comportei
E não me permito mais amar
Interesseiras vão ter mais de cem
O que Cristina quer me dar eu vou comprar


Pode me chamar de gostoso,
Louco ardente, mulherengo...
Você tentou me trair
Com a torcida do Flamengo!

Pode se arrastar gritando
Porque eu não vou dividir
Minha Mega-sena com você, interesseira!

Pode me chamar de gostoso,
Louco ardente, mulherengo...
Você tentou me trair
Com a torcida do Flamengo!

Pode se arrastar gritando
Porque eu não vou dividir
Minha Mega-sena com você, interesseira!

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital