Açougueiro

Zéu Britto

Compositor: Zéu Britto

Me faça de bife
Vou servir de consolo
Me tempere com seu molho
E depois me asse
No forno do amor

Me sirva pra quem quiser
pode lamber meu pé, as descaradas
Se embriagarão
Minha carne comerão

Me chamam de açougueiro
Eu sei
O que é que eu posso fazer? Gosto é de carne peregrina
Tenho um açougue ali em Amaralina
E bebo doses ordinárias de Whisky Red Label

Canivete, navalha,
Faca ou facão
A carne inteira grita
Quando eu meto a mão
Açougueiro é minha profissão
E eu adoro

Me chamam de açougueiro
Eu sei
O que é que eu posso fazer? Gosto é de carne peregrina
Tenho um açougue ali em Amaralina
E bebo doses ordinárias de Whisky Red Label

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital