Mirabel

Zéu Britto

Compositor: Zéu Britto

Mirabel recusa o recheio
Mirabel se descasca agoniado
Mirabel só aceita Amanteigado
Mirabel acha Cream Cracker ultrapassado

Inventei de abrir, o alumínio da embalagem
Pra dar fim na agonia
Pra definir a merenda do dia
Tolo fui eu

Mirabel se revoltou
E chamou sua amiga bolacha Maria
De repente estava ali perdido, cercado
No mundo bizarro
Me amarro em biscoito

Os biscoitos me agrediram
Tomaram conta da minha cozinha
Se uniram aos Recheados
Pediram ajuda à Broa, Empadinha
E ao croquete da vizinha

Eles estavam em grande número
Eu era um
Corri pra prateleira, e peguei um envelope de Tang laranja
Os biscoitos se excitaram
E começaram a gemer, a suar, a temer, a enlouquecer
Sairam correndo
Sairam gritando
Só sobrou Mirabel
Só sobrou Mirabel

Mirabel perdeu o recheio
Mirabel descascou agoniado
Mirabel se despediu do Amanteigado
Mirabel morreu, morreu, morreu...
Molhado

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital